Vacinas

Animais de estimação são sinônimo de alegria e companheirismo. Eles costumam recepcionar seus donos com latidos, ronronares e lambidas. Porém, às vezes, os amiguinhos de quatro patas mudam de comportamento, ficam cabisbaixos e desanimados. Isso pode ser um sinal de que há algo errado com a saúde deles.

Pra evitar que isso aconteça é necessário manter a caderneta de vacinação em dia

A Médica Veterinária Patrícia de Barros, responsável pela Santa Casa dos Animais destaca a importância de vacinarmos os pets. “A vacinação é de extrema importância, pois a imunização acontece de forma preventiva. Quando o animal não está vacinado, ele fica suscetível a contrair doenças como a raiva, cinomose, parvovirose e leptospirose, entre outros que podem levar o animal a óbito”.

Vacinas necessárias para cães

  • Vacina antirrábica – A vacina antirrábica protege contra a raiva e deve ser aplicada em uma única dose após o 2 mês de vida e repetida anualmente. Essa vacina também é aplicada pelos órgãos de saúde pública, mas é feita na rede privada, vacina anti rábica importada, procure sempre o Médico Veterinário para que possa aplicar as vacinas com segurança no seu Pet.
  • Vacina V8 ou Polivalente – Essa vacina protege o cão contra cinomose, parvovírus, adenovírus tipo 2, parainfluenza, coronavírus, leptospirose. A aplicação é dividida em três seções, com intervalos de 21 a 30 dias entre cada uma. Sendo necessário quarta dose reforço. Essas Vacinas devem ser importadas e aplicadas exclusivamente por um Médico Veterinário.
  • Outras vacinas indicadas para os cães são contra a gripe canina, giárdia e leishmaniose, também de extrema importância.

Vacinas necessárias para gatos

  • Vacina Antirrábica – No caso dos gatos, a vacina antirrábica segue as mesmas especificações para os cães.
  • Vacina V3 – A tríplice felina protege os animais contra o calicivírus, inotraqueite e panleucopenia. A primeira dose deve ser aplicada depois dos primeiros 60 dias do animal, a segunda após o intervalo de 21 dias.
  • Vacina V4 – Além de proteger os bichanos das mesmas doenças que a tríplice, a quádrupla felina protege também contra a clamidiose.
  • Vacina V5 – Essa vacina protege das mesmas doenças que a V4 e contra a leucemia felina. As doses devem ser aplicadas a partir dos nove meses do animal e com intervalo de 21 a 30 dias.

É importante ressaltar que as vacinas devem ser aplicadas anualmente e apenas por médicos veterinários. A imunização do animal só acontece após a aplicação da última dose das vacinas, por isso, quando o pet estiver no quadro vacinal, não deve ter contato com outros animais.

Ainda tem dúvidas sobre as vacinas? Pra os Tutores de primeira viagem, indicamos o e-book da Santa Casa dos Animais, com informações detalhadas sobre todas as informações necessárias pra quem acabou de adquirir um pet, orientando até o início da fase adulta.